“A minha mulher é a inteligência personificada. É mesmo mais inteligente do que eu. Em todo o caso é muito mais feminina. Dizem.” Na primeira vez que trabalhámos com o João Paulo Seara Cardoso fizemos
“Uma tarde de Verão, no meu quarto. A janela está aberta. Entra um cheiro estranho a folhas podres e asfalto a derreter-se ao Sol.” Durante três meses convidámos o público a espreitar pelo buraco da
“Lembras-te Claire?Nós as duas… debaixo da árvore… os pés ao Sol?Lembras-te Claire?” Lembramo-nos muito bem! Porque foi o primeiro trabalho do Visões. Porque foi difícil. Porque era Genet. Porque
“No fundo da alma, bem lá no fundo do Subterrâneo, rimo-nos do sofrimento.O que não nos impede de sermos desgraçadamente infelizes.” Em S. Bento da Vitória, bem no fundo do Mosteiro, ao lado do poço