Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Novidades
Novidades

"Validade"


Ao longo do mês de setembro ultimamos os preparativos de dois projetos que arrancarão já em outubro, e que questionam de modos muito particulares a nossa relação com o mundo:

“Politics of Survival” — uma iniciativa com tutoria de Carlos Costa, Jorge Palinhos (investigador residente do Visões Úteis) e Gabriela Vaz-Pinheiro, e inserida na programação da plataforma PLÁKA da Câmara Municipal do Porto. Ao longo de todo o mês de outubro, o projeto propõe oficinas, conversas e derivas em torno da articulação entre práticas artísticas e a nossa ideia e vivência de casa, de cidade, de planeta. Os encontros contam com a participação de um alargado grupo de artistas e investigadores - Aliki Kylika e Kyveli Anastassiadi, Rui Matoso, Camille Louis, Matilde Seabra, Fernanda Eugénio, Mariana Pestana, Jorge Leandro Rosa, João Luís Fernandes, Lia Carreira, Marta Alvim, entre outros. Informações e Inscrições aqui. 

“Validade” — um projeto a três anos desenvolvido em coprodução com a Oficina de Guimarães, destinado a alunos do 3º ciclo de escolaridade e que aborda a questão da sustentabilidade (nas suas diversas vertentes) através das práticas criativas. Em outubro iniciaremos a primeira de três formações (uma por ano), que terá como tema “Ecos Pessoais: A Sustentabilidade e o EU” e será dirigida por Ana Azevedo e Inês de Carvalho.
Segunda, 03 Setembro 2018 18:37

Aulas de Teatro 2018/2019 - Inscrições Abertas!

Escrito por Visões Úteis

Aulas de Teatro 2018/2019

 

Estão abertas as inscrições para mais um ano de Aulas de Teatro do nosso Serviço Educativo, orientadas por Ana Azevedo.

Nas aulas de teatro são explorados vários métodos e técnicas teatrais, tendo sempre em conta a valorização do trabalho em grupo e o crescimento interpessoal de cada aluno. Em todos os níveis exploramos técnicas de improvisação e comunicação, e trabalhamos a postura, a expressão corporal, a voz e a dicção, em paralelo à exploração do “texto”, sua leitura e criação.

A planificação das aulas e os conteúdos apresentados funcionarão como uma base para o trabalho, mas serão flexíveis e adaptados, momento a momento, às necessidades de cada grupo e às diversas faixas etárias.

Para além dos exercícios propostos nas aulas, fará parte do processo de formação o contacto com vídeos, filmes e livros de/e sobre teatro, algumas propostas de espetáculos a que os formandos poderão assistir e a articulação e acompanhamento das criações que o Visões Úteis terá em curso.

As aulas incluem ainda uma apresentação pública durante o último trimestre do ano letivo.


Aceitamos formandos para três grupos de diferentes escalões etários:

Turma dos 13 aos 17 anos
Datas: 6 de outubro 2018 a 29 de junho 2019
Horário: sábado das 12h às 13h30

Turma dos 18 aos 22 anos
Datas: 6 de outubro 2018 a 29 de junho 2019
Horário: sábado das 10h às 11h30

Turma dos 23 aos 60 anos
Datas: 12 de outubro 2018 a 5 julho 2019
Horário: 6ª feira das 19h às 20h30

Duração: 1h30 / semana
Local: Visões Úteis – Fábrica Social (Rua da Fábrica Social s/n, 4000-201 Porto)
Propina do Curso: 10,00€ / inscrição (seguro incluído) + 25,00€ / mês
Desconto: 3% no pagamento imediato do total da anuidade / 5% na inscrição de irmãos


Cada turma poderá ter um máximo de 10 participantes. Os participantes receberão um Certificado de Participação.

Para mais informações / inscrições contacte-nos através de
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar .

 

No passado mês de julho disponibilizámos na Galeria virtual do nosso site o documento “Notas da Oficina”, registo da primeira edição das “Oficinas Criativas” para crianças e jovens com Autismo de Alto Funcionamento e Síndrome de Asperger, dirigidas por Ana Azevedo e Inês de Carvalho e em colaboração com a Associação Vencer Autismo (Porto, 2015/2016).

“Notas da Oficina” encontra-se agora também disponível para download gratuito em versão inglesa – “Workshop Notes” - numa tradução de Ana Salgado.

Quarta, 01 Agosto 2018 11:45

"trans/missão" na Escócia

Escrito por Visões Úteis

Trans/missão Hébridas


Durante a nossa estadia nas Ilhas Hébridas da Escócia faremos duas apresentações da nossa
“trans/missão” na sua versão inglesa, que estreámos no passado mês de abril no Porto, no âmbito do Plenário de Primavera do IETM. 

O primeiro espetáculo acontece no dia 2 de agosto (5ª) às 19h30 no Leverburgh Village Hall (Harris); o segundo terá lugar no dia 4 (sábado), no Centro Comunitário da Ilha de Scalpay às 14h.

Duas apresentações muito especiais para um público que, na sequência dos referendos sobre a independência e sobre o Brexit, se tem debatido com questões muito próximas das que levantamos nesta criação: Como passar das palavras aos atos? Como transformar diagnósticos de insatisfação em mudanças concretas? Como decidir e agir coletivamente?

Terça, 31 Julho 2018 17:38

Reclaim the Future - Evento na Escócia

Escrito por Visões Úteis

RTF Escócia


No início de agosto tem lugar o último evento nacional do projeto europeu
“Reclaim the Future” , organizado pelo parceiro Rural Nations nas remotas ilhas escocesas das Hébridas Exteriores.

É na parte sul (Harris) da maior das Hébridas (Lewis and Harris) que acontece este evento, já nos próximos dias 2, 3 e 4 de agosto. O “Harris Arts Festival and Carnival” inclui espetáculos de teatro e música, projeção de filmes, mostras de artesanato e exposição de criações locais, e, claro, uma Parada nos muito especiais espaços públicos destas comunidades, com a presença de uma equipa de performers Bufões, entre artistas escoceses e internacionais.

Ainda antes do início deste “Carnaval”, no dia 1 de agosto (centro comunitário de Talla na Mara) terá lugar a conferência pública “Community Arts International Perspectives”, com a intervenção da nossa Inês de Carvalho e também de Mats Hyvönen (Universidade de Uppsala, equipa de investigação de Reclaim the Future), Brigitte Mounier (diretora da Compagnie des Mers du Nord, parceiro francês) e membros da Rural Nations e da Associação Fèisean nan Gàidheal.

DDT2

 

Na sequência da parceria estabelecida pelo projeto “Reclaim the Future” com a companhia Dirty Deal Teatro da Letónia, esta semana a cenógrafa Inês de Carvalho está em Riga para orientar um workshop — dias 23 e 24 — sobre criação artística baseada no trabalho com comunidades locais.

Partindo do seu trabalho como diretora artística da Parada Desatada de “Exige o Futuro” em 2017, Inês de Carvalho partilha a sua experiência com uma equipa de criadores letões que, desde abril passado, tem dado os primeiros passos no contacto e pesquisa com comunidades locais, e que pretende agora desenvolver uma performance comunitária a partir do material levantado.

Sexta, 20 Julho 2018 09:03

Noite do Terraço 2018

Escrito por Visões Úteis

Terraço

 

Depois de, no ano passado, ter sido substituído pela confraternização da “Parada Desatada” de “Exige o Futuro”, o nosso habitual convívio com amigos e colaboradores antes da paragem de verão regressa este ano, tendo lugar esta sexta-feira, dia 20, a partir das 21h30 no terraço do nosso espaço de trabalho, na Fábrica Social - Fundação Escultor José Rodrigues.

Desta vez não será ainda uma despedida antes de férias, já que em agosto ainda nos espera a viagem para a Escócia para participar em mais um evento de “Reclaim the Future” e para duas apresentações de “trans/missão” em inglês.

Até já!

Live Art, Alive in Art

 


Já está disponível para download gratuito o relatório da sessão "Live art, alive in time" que aconteceu em abril passado, no âmbito do IETM Porto.

Moderada pelo Carlos Costa e com a participação de Dimitry Ovtchinnikoff, Ana Bigotte Vieira e Sônia Sobral, esta sessão foi dedicada aos desafios levantados pela documentação e arquivo das artes performativas.

Le Manifeste

 

Em 2018 entrámos no último ano do projeto europeu “Reclaim the Future” de que somos o parceiro português, e no âmbito do qual criámos “Exige o Futuro” em 2017.

Esta semana viajamos para Grande-Synthe, cidade na periferia de Dunquerque, para participar no evento do nosso parceiro francês, a Compagnie des Mers du Nord.

“Le Manifeste” é um festival organizado anualmente desde 2004 por esta companhia, e cuja edição este ano é adaptada aos temas e atividades transversais de “Reclaim the Future”. O evento acontece a 13, 14 e 15 de julho e integra espetáculos e debates com artistas vindos da Noruega, Suécia, Brasil, Escócia, Itália, Espanha e França.

A programação inclui a apresentação de “Deeds not words”, o espetáculo do parceiro escocês que a Compagnie des Mers du Nord adaptou, no âmbito da atividade “Renew the Piece”.

E no dia 14 de julho (sábado) terá lugar no espaço público a parada “Humanity Pride”, um “desfile cidadão e cosmopolita para sonhar o futuro”, que integrará cerca de 130 participantes, entre artistas profissionais e membros de associações e comunidades locais.

Em agosto “Reclaim the Future” prosseguirá na Escócia, com o evento organizado pelo parceiro Rural Nations nas Ilhas Hébridas — e durante o qual apresentaremos a versão inglesa do nosso espetáculo “trans/missão” — e, em setembro, em Bruxelas, com o evento final criado coletivamente pelos cinco parceiros e com a participação de membros das comunidades locais envolvidas nos eventos nacionais (no nosso caso, habitantes de Campanhã).

"Oficinas Criativas" / Foto: Inês de Carvalho


Este mês disponibilizamos na Galeria virtual do nosso site o documento
“Notas da Oficina”, um registo da primeira edição das nossas “Oficinas Criativas” para crianças e jovens com Autismo de Alto Funcionamento e Síndrome de Asperger, em colaboração com a Associação Vencer Autismo.

Esta primeira experiência, dirigida pelas formadoras Ana Azevedo (área de Teatro) e Inês de Carvalho (área das Artes Visuais), decorreu entre 2015 e 2016 no Porto, e constituiu-se como base para uma atividade a que queremos regressar em breve, e para uma reflexão e investigação mais profunda sobre o potencial das artes na intervenção terapêutica.

O documento partilha informação sobre o modo como foram desenhadas e levadas a cabo as Oficinas – objetivos, pressupostos, materiais e exercícios, observações -, mas inclui ainda uma reflexão realizada posteriormente sobre o que conseguimos alcançar e o que ficou por atingir, e sobre a reformulação necessária para a implementação de uma nova edição – reflexão alimentada também por diferentes estudos e investigações mais recentes, a que entretanto tivemos acesso.

“Notas da Oficina” terá ainda uma versão em língua inglesa que muito em breve estará também disponível para download na nossa Galeria.

Pág. 2 de 35

Recentes


Facebook


O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável