Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Novidades Visões Úteis
Visões Úteis

Visões Úteis

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

"Exige o Futuro" / Foto: Hugo Martins

Foto: Hugo Martins


Esta semana o investigador Pedro Rocha, que no projeto “Exige o Futuro” desenvolveu um trabalho de Cartografia Social em Campanhã, partilhará algumas das teorias e práticas desta área da Sociologia num workshop destinado a professores, educadores, formadores, técnicos de ação social e outros profissionais interessados das escolas, institutos e entidades daquela freguesia que connosco colaboraram.

O Workshop de Teorias e Práticas da Cartografia Social, de frequência gratuita, acontece a 25 e 26 de outubro nos espaços de dois importantes parceiros do projecto: o Auditório do Agrupamento de Escolas do Cerco e o Auditório do Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Nesta formação pretende-se transmitir o conhecimento teórico sobre a Cartografia Social, em conjunto com formas e metodologias da sua aplicabilidade, oferecendo assim um instrumento de trabalho e de exercício ativo junto de comunidades sociais e educativas.
A Cartografia Social permite um exercício coletivo de reconhecimento do ambiente socio-territorial através da construção de mapas de forma colaborativa, permitindo aos seus participantes uma compreensão da sua própria realidade. A construção deste conhecimento é conseguida através de um mapeamento, que destaca diferentes tipos de informação reunida para atingir uma determinada imagem coletiva do espaço vivido. 

Segunda, 23 Outubro 2017 18:35

Simpósio "Porous Borders" - Balanço

"Porous Borders" Apresentação Inês de CarvalhoFoto: Chase Angier

 

No passado dia 13 de outubro, Inês de Carvalho esteve em Praga, para apresentar o projeto “Reclaim the Future / Exige o Futuro" no simpósio "Porous Borders – entre conceito e experiência: novos métodos em curadoria e ideias inspiradoras que conduzem à criação de fortes experiências participativas".

No âmbito das celebrações do 50º Aniversário da Quadrienal de Praga, o simpósio Porous Borders dedicou-se a uma reflexão inspirada na ideia de fronteira e de porosidade. Considerando o conceito de “fronteira” – configurada como real ou ficcional, política ou cultural, conceptual ou concreta – como mote para uma conversa sobre como os desenvolvimentos locais e globais criam tensões ao mesmo tempo que levantam questões sobre identidades e valores - identidade pessoal, a identidade de toda uma sociedade -, e como estes conceitos influenciam o trabalho do design para performance.

Foi, assim, uma excelente oportunidade para partilhar com a comunidade internacional um exemplo de curadoria no âmbito das práticas artísticas portuguesas, com uma apresentação intitulada "Reclaim theFuture - (re)connecting at the edge of Now / Exige o Futuro – (re)conexão na orla do Presente”. Implementado em Campanhã, uma zona periférica do Porto, Portugal, país geograficamente periférico à Europa, “Exige o Futuro” centra-se nos temas: identidade, mobilidade, acessibilidade à cultura, cruzamentos e (re)ligações de linhas - visíveis e invisíveis -, que criam fronteiras mas também pontes. Temas estes que dialogam já dinamicamente com os temas propostos pelo Porous Borders.

O simpósio contou com a participação de mais de 200 cenógrafos, curadores, investigadores das muitas áreas cruzadas pelas artes performativas de mais de 50 países de todo o mundo. Um contexto adequado para se falar de processos colaborativos que atravessam países, os desafios que surgem pelos caminhos e o retorno da criação internacional.

Este evento teve lugar no contexto de preparação do projecto da PQ19 – ‘Prague Quadrennial of Performance Design and Space’-, a maior exposição e festival internacional dedicado à cenografia e design para performance e arquitectura – que entende a performance design como lugar colaborativo onde artistas de diferentes disciplinas se misturam, dissolvendo linhas, separações e categorias, na procura de novas abordagens e visões. Como forma de arte que se centra na criação de ambientes activos ou activados pela performance, o design pode-se tornar uma missão, questão, argumento, ameaça, uma resolução ou um agente para a transformação.

Pela voz da sua directora artística Marketa Fantová e pela equipa de curadores que reuniu foi anunciada a tríade temática da próxima edição: IMAGINATION / TRANSFORMATION / MEMORY, que fará a PQ regressar ao emblemático Industrial Palace.

Simpósio "Porous Borders"

 

De 12 a 14 de outubro estaremos em Praga para participar no Simpósio “Porous Borders”, promovido pela Quadrienal de Praga, que terá a sua próxima edição em 2019.

A Quadrienal convidou curadores, profissionais de teatro, professores e investigadores de todo o mundo a partilharem as suas ideias sobre os temas das fronteiras e das identidades e valores nacionais. Um debate que tem no seu cerne o modo como o trabalho em artes performativas, onde a linha entre realidade e imaginação é tantas vezes difusa, pode criar novas experiências que ultrapassam os limites da própria realidade quotidiana.

Neste encontro, onde se discutirão ainda os 50 anos de trabalho da Quadrienal, estará Inês de Carvalho que partilhará, na sessão de dia 13 de outubro, a recente experiência do projeto “Exige o Futuro” e o trabalho com as comunidades de Campanhã para a construção da “Parada Desatada”.

Sexta, 06 Outubro 2017 10:47

"Bolsa para o Futuro" - Candidaturas

"Exige o Futuro - Parada Desatada" / Foto: Hugo Martins

 

Este mês regressamos ao projeto "Reclaim the Future / Exige o Futuro", com algumas atividades que dão sequência ao trabalho desenvolvido em Campanhã na primeira metade do ano.

Começamos pela abertura de uma “Bolsa para o Futuro”, com a qual pretendemos dar algum apoio financeiro à atividade das entidades, associações e coletivos de Campanhã que connosco construíram a “Parada Desatada” de “Exige o Futuro”, em julho passado. 

Este apoio pode destinar-se à aquisição de equipamento, desenvolvimento de projetos, acesso a formação específica ou outra necessidade.

As candidaturas decorrem ao longo do mês de outubro; em novembro escolheremos o candidato ou candidatos a apoiar.

Teatro Site-Specific - Três estudos de caso
de Jorge Palinhos, Maria Carneiro e Susana Paixão

Publicação do Centro de Estudos Arnaldo Araújo da Escola Superior Artística do Porto (maio de 2017) onde se inclui o ensaio de Jorge Palinhos "Visões Úteis: Viagens Performativas - A "Arte na Paisagem" como trabalho Site-Specific"
Terça, 26 Setembro 2017 10:29

Últimas inscrições - Aulas de Teatro

Últimos dias de inscrição para as Aulas de Teatro 2017/2018 dirigidas por Ana Azevedo que arrancam já no início de outubro no nosso Serviço Educativo:

Já só restam algumas vagas, mas até ao final de setembro ainda pode inscrever-se; basta contactar-nos pelo Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ou pelo telefone 22 200 61 44.

Domingo, 17 Setembro 2017 10:30

"Exige o Futuro" no II EIRPAC

II EIRPAC


Nos próximos dias 19, 20 e 21 de setembro decorre no Porto a segunda edição do EIRPAC - Encontro Internacional de Reflexão sobre Práticas Artísticas Comunitárias.

Integrado no MEXE IV - Encontro Internacional de Arte e Comunidade, promovido pelo coletivo PELE, o EIRPAC junta artistas e investigadores em torno da discussão de exemplos de práticas artísticas em contextos comunitários, seus desafios, armadilhas e resultados.

No dia 21 de setembro (5ª feira) participamos na conversa “Diálogos com o território: cidade e espaço público”, que acontecerá no Teatro Carlos Alberto entre as 10h45 e as 12h30. Nesta roda de debate, que terá moderação de Isabel Bezelga e Evelyn Lima, Inês de Carvalho falará da experiência de “Exige o Futuro”, nomeadamente do seu trabalho em Campanhã para a construção da “Parada Desatada”.

Consulte aqui toda a programação do II EIRPAC.

Coorganização: Instituto de Estudos de Literatura e Tradição da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (IELT/FCSH UN), Centro de História da Arte e Investigação Artística da Universidade de Évora (CHAIA/UE), Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Politécnico do Porto (ESMAE/IPP), Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa (ESTC/IPL), Centro de Investigação em Artes e Comunicação da Universidade do Algarve (CIAC/UA), Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEP/UP) e PELE (Espaço de Contacto Social e Cultural).

"Teatro Português Contemporâneo" - Capa




É lançada este sábado, dia 16 de setembro, no Teatro Nacional Dona Maria II a edição em português de "Teatro Português Contemporâneo: Experimentalismo, Política e Utopia [título provisório]", uma publicação do TNDM II em parceria com a editora Bicho do Mato (coleção “Estudos”).

Esta obra - lançada em versão inglesa no Festival de Avignon, em Julho passado - envolve nove autores, críticos e investigadores portugueses (Ana Bigotte Vieira, Ana Pais, Eunice Tudela de Azevedo, Gustavo Vicente, Jorge Louraço Figueira, Maria Sequeira Mendes, Paula Magalhães, Rita Martins, Rui Pina Coelho) e ocupa-se do trabalho de cerca de trinta artistas e companhias de teatro nacionais, entre as quais o Visões Úteis.

Pretende-se "apresentar e discutir a obra e os modos de fazer teatro de uma geração particularmente vibrante e que, tendo em conta a aguda erosão da crítica de artes performativas entre nós, tem vindo a perder interlocutores críticos".

O lançamento acontece no átrio do TNDM II às 16h00 horas.

Aulas de Teatro / Foto: Ana Azevedo

 

Estão abertas as inscrições para mais um ano de Aulas de Teatro do nosso Serviço Educativo, orientadas por Ana Azevedo.

Nas aulas de teatro exploram-se várias técnicas e métodos teatrais, sempre valorizando a colaboração e a escrita em grupo, e estimulando a imaginação e a expansão narrativa. Os exercícios são adaptados à faixa etária e às necessidades de cada grupo e aluno, mas visando sempre o trabalho de voz e dicção, do corpo e do movimento, da postura, da comunicação e da palavra. Não é necessária experiência prévia na área teatral.
Fazem ainda parte do processo de formação a visualização de vídeos de e sobre teatro, filmes e livros, assim como algumas propostas de espetáculos e a articulação com as produções do Visões Úteis.

Aceitamos formandos para três grupos de diferentes escalões etários:

Turma dos 12 aos 16 anos
Datas: 7 de outubro 2017 a 30 de junho 2018
Horário: sábado das 12h às 13h30

Turma dos 17 aos 20 anos
Datas: 7 de outubro 2017 a 30 de junho 2018
Horário: sábado das 10h às 11h30

Turma dos 21 aos 60 anos
Datas: 6 de outubro 2017 a 29 de junho 2018
Horário: 6ª feira das 19h às 20h30

Duração: 1h30 / semana
Local: Visões Úteis – Fábrica Social (Rua da Fábrica Social s/n, 4000-201 Porto)
Propina do Curso: 10,00€ / inscrição (seguro incluído) + 25,00€ / mês
Desconto: 3% no pagamento imediato do total da anuidade / 5% na inscrição de irmãos

Cada turma poderá ter um máximo de 10 participantes. Os participantes receberão um Certificado de Participação.

Para mais informações / inscrições contacte-nos através de  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  ou do telefone 22 200 61 44.

Terça, 05 Setembro 2017 16:49

"Teoria 5S" - início de ensaios!

"Teoria 5S" - Foto: Visões Úteis

 

 

Arrancam este mês os ensaios da nossa nova criação original, “Teoria 5S”, uma coprodução com o Teatro Municipal do Porto.

Partindo de uma série de teorias, metodologias e máximas de organização e produtividade, “Teoria 5S” confrontará a difícil tarefa de redução de um arquivo comum, e a eventual (ilusória?) libertação que a sua destruição poderá produzir.


Em “Teoria 5S”, o processo de escrita é também um desafio, pelo confronto com o próprio lastro que o Visões Úteis criou ao longo de mais de duas décadas, e o processo de ensaios será marcado pelo reencontro com intérpretes que tiveram e têm um papel muito especial na nossa história – Ana Azevedo, Jorge Paupério e Óscar Branco!

O espetáculo, com direção de Ana Vitorino, Carlos Costa e João Martins, estreia já no próximo mês de novembro no Rivoli (Auditório Isabel Alves Costa)

Pág. 7 de 26

Recentes


Facebook


O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável