Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Novidades Visões Úteis
Visões Úteis

Visões Úteis

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Na próxima segunda-feira, dia 28 de abril, estaremos pelas 15h30 na ESAP - Escola Superior Artística do Porto, para participar no "Seminário Arquitetura e Teatro", organizado por Jorge Palinhos e Maria Helena Maia.

Estaremos à conversa em torno das experiências de Performance na Paisagem que desde 2002 têm marcado o trabalho regular do Visões Úteis.

O encontro decorre ao longo de todo o dia, entre as 9h30 e as 20h, e conta também com as intervenções de Cláudia Marisa Oliveira, Daniela Sá, Francisco Alves, Gonçalo Louro, Jorge Palinhos, Luís Soares Carneiro, Maria Helena Maia, Marta Freitas, Né Barros, e Rosário Machado.

IETM Plenário de Primavera

 


Entre 16 e 19 de abril estamos em Montpellier (França) para participar em mais um Plenário de Primavera do IETM - International Network for Contemporary Performing Arts.

O encontro estará subordinado ao tema "Trans-formations, Trans-borders, Trans-genders", e na sua apresentação pode ler-se:

"Problemas económicos, contradições políticas, populismo crescente, tensões em torno das questões do género e outros desafios testam a solidariedade e a coesão da nossa sociedade. Um mês antes das eleições europeias - não é este o momento certo para despertarmos o nosso pensamento coletivo e refletirmos sobre a atualidade?"

O Visões Úteis integra, desde o ano passado, o Advisory Board do IETM, pelo que neste Plenário participará também na tomada de decisões que irão (re)definir o papel e modo de organização do IETM nos próximos anos.
Quinta, 03 Abril 2014 23:21

"Boom & Bang" em Setúbal

"Boom & Bang" Foto de Paulo Pimenta
                                                                                                                                    Foto: Paulo Pimenta

 

"Boom & Bang", a 35ª criação do Visões Úteis , estreou em janeiro de 2010.
No final desse ano arrancava o julgamento do principal processo do caso BPN.

Passaram-se mais de três anos.
O número de portugueses em risco de pobreza subiu para dois milhões, cerca de um quinto da população.
Cá dentro, no espaço de um mês, um banqueiro acusado de mentir e falsificar contas viu prescrever a sua multa de um milhão de euros; e um padeiro acusado de roubar 70 cêntimos foi condenado a uma multa de 360 euros.
Lá fora, a toda poderosa Goldman Sachs negoceia outro crédito para "salvar" mais um país em ruína financeira, desta vez a Argentina.
O principal processo do caso BPN continua em julgamento...

Mais de cinco anos depois da "explosão" da crise financeira, pouco parece ter mudado... e entretanto o nosso "Boom & Bang" continua a viajar um pouco por toda a parte - cá dentro e lá fora - fazendo rir de assuntos sérios, e tentando responder à pergunta "Mas como é que chegámos aqui?".

Depois de no ano passado termos visitado pela primeira vez a Casa da Cultura de Setúbal com "O Contrabaixo", no próximo dia 11 de abril regressamos com esta bem humorada (dentro do possível) explicação das raízes do desastre financeiro.

"Boom & Bang"
é uma adaptação da peça "The Power of Yes" do britânico David Hare.
O espetáculo conta com a interpretação de Pedro Carreira, Carlos Costa e Ana Vitorino, e tem a duração aproximada de 50 minutos.


Local: Casa da Cultura de Setúbal / Sala José Afonso

Rua Detrás da Guarda, nº26/34 2900-347 Setúbal
Data: 11 de abril (6ªfeira)
Hora: 22h

"Biométricos" Foto Visões Úteis

 

A primeira criação original do Visões Úteis em 2014 - "Biométricos” - estreia já no próximo mês de maio, integrando a programação do "Serralves em Festa" 2014, em co-produção com a Fundação de Serralves e com o apoio financeiro da Porto Lazer.

Neste projecto dedicado ao tema do esforço físico, refletimos sobre a capacidade de ultrapassar os limites do corpo, mas também sobre as diferenças no valor e na ideia de beleza que habitualmente se associam ao esforço nas áreas laboral, desportiva e artística.

“Biométricos” desdobra-se em três atividades e espaços diferentes:

Biométricos Rua - de 17 de maio a 1 de junho: Um percurso no centro do Porto, que o espectador poderá seguir, de modo mais ou menos livre, recolhendo pistas e cruzando-se com uma banda sonora que inclui testemunhos e informações sobre a ideia de esforço físico, resistência e persistência. Cada espetador escolherá o ritmo a que pretende fazer o percurso, podendo decidir testar os seus próprios limites, tentando cumprir tudo no mínimo tempo possível.

Biométricos Mira
- 24 de maio: Durante três horas, juntaremos num armazém do Espaço Mira (Campanhã) pessoas ligadas ao desporto, às artes e a trabalhos que implicam especial esforço físico. Replicaremos neste espaço a atividade destas pessoas, podendo o público não só comparar ao vivo os esforços das várias áreas, mas também aceder a dados informativos e biométricos dos participantes que estaremos a medir em tempo real. O público terá também oportunidade de medir alguns dos seus próprios dados biométricos, e comparar os seus parâmetros com os daqueles profissionais.

Biométricos Parque -
dias 31 de maio e 1 de junho: Durante os dois dias do "Serralves em Festa" vamos ocupar um espaço dos jardins com um jogo de equipas concebido pelo Visões Úteis, e que misturará desporto e arte. A equipa Visões Úteis defrontará um conjunto de equipas convidadas, abrindo-se o espaço para que o público do “Serralves em Festa” se junte ao jogo.

A endocrinologista Isabel do Carmo, o ator António Fonseca, o Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto (NEFUP) e a atleta Ester Alves são apenas alguns dos convidados deste projeto, que conta ainda com uma série de parcerias muito especiais.

Terça, 25 Março 2014 17:07

Dia Mundial do Teatro 2014

Um excelente Dia Mundial do Teatro a todos!

A mensagem oficial é este ano da autoria do dramaturgo sul-africano Brett Bailey:

"Onde quer que exista sociedade humana, o irreprimível Espírito da Representação manifesta-se.

Debaixo de árvores em pequenas aldeias e em sofisticados palcos nas grandes metrópoles; nos auditórios das escolas e nos campos e em templos; em bairros de lata, na praças das cidades, nos centros comunitários, as pessoas juntam-se para comungar os mundos teatrais efémeros que criamos para exprimir a nossa complexidade humana, a nossa diversidade, a nossa vulnerabilidade, de viva carne, voz e respiração.

Juntamo-nos para chorar e para recordar; para rir e para contemplar; para aprender e para afirmar e para imaginar. Para nos maravilharmos com a destreza técnica e para encarnar deuses. Para recuperarmos o nosso fôlego coletivo perante a nossa capacidade para a beleza, a compaixão e a monstruosidade. Vimos para ganhar energia e poder. Para celebrar a riqueza das nossas diferentes culturas, e para dissolver as barreiras que nos dividem.

Onde quer que exista sociedade humana, o irreprimível Espírito da Representação manifesta-se. Nascido da comunidade, ele usa as máscaras e os costumes das nossas diversas tradições. Aproveita as nossas linguagens e ritmos e gestos, e abre um espaço entre nós.

E nós, os artistas que trabalham com este espírito ancestral, sentimo-nos compelidos a canalizá-lo através dos nossos corações, das nossas ideias e dos nossos corpos, para revelar as nossas realidades em toda a sua mundanidade e brilhante mistério.

Mas, neste tempo em que tantos milhões de pessoas estão a lutar pela sobrevivência, sofrem sob regimes repressivos e um capitalismo predatório, fogem de conflitos e de condições precárias; em que a nossa privacidade é invadida por Serviços Secretos e as nossas palavras são censuradas por governos intrusivos; em que florestas estão a ser aniquiladas, espécies exterminadas e oceanos envenenados: o que é que nós somos compelidos a revelar?

Neste mundo de poder desigual, em que várias ordens hegemónicas tentam convencer-nos que uma nação, uma raça, um género, uma preferência sexual, uma religião, uma ideologia, um contexto cultural é superior a todos os outros, pode continuar a defender-se a ideia que as artes devem estar separadas das agendas sociais?

Estaremos nós, os artistas das arenas e dos palcos, a conformarmo-nos com as asséticas exigências do mercado, ou a aproveitar o poder que temos: para abrir um espaço nos corações e nas mentes da sociedade, para unir as pessoas à nossa volta, para inspirar, encantar e informar,  e para criar um mundo de esperança e de colaboração sincera?"

Domingo, 23 Fevereiro 2014 22:53

"Ficheiros Secretos" em Coimbra

"Ficheiros Secretos" Collateral Murder still

 

Atenção, Coimbra: Os "espiões" da nossa mais recente criação original, "Ficheiros Secretos", andarão pela cidade na próxima semana!

O espetáculo apresenta-se no dia 6 de março (5ªf) na sala principal do Teatro Académico Gil Vicente (TAGV) em dose dupla - às 15h e às 21h30. À apresentação da tarde seguir-se-á uma conversa sobre o modo como esta criação aborda as questões da privacidade e da recolha obsessiva de informação.

"Ficheiros Secretos" integra a programação da XVI Semana Cultural da Universidade de Coimbra, e vai ao encontro da temática das "Redes", que marcará as atividades do evento.

Quinta, 06 Fevereiro 2014 23:21

Curso de Performance em Comunidade

Esta semana arranca mais uma edição do curso de teatro dirigido à população sénior da freguesia de St. Ildefonso (Porto), atividade que promovemos desde 2012.

O curso, que terá uma sessão por semana, decorrerá durantes os meses de fevereiro, março e abril, agora nas instalações do Visões Úteis, na Fábrica Social. Reúne participantes das anteriores edições, que já em 2013 tiveram a oportunidade de, no final do curso, participar na nossa criação "Corpo Casa Rua".

O Curso de Performance em Comunidade assume-se como um espaço onde, de forma lúdica, se incentiva a autonomia e o desenvolvimento - social, cultural, psicológico, motor e neurológico - entre uma população tantas vezes esquecida pelos poderes e pelas políticas urbanísticas e culturais. A frequência é gratuita.
Terça, 04 Fevereiro 2014 20:20

Workshop Visões Úteis em Barcelos

Workshop VU Casazul

 

 

Até ao próximo dia 28 de fevereiro estão abertas as inscrições para um Workshop de Criação Teatral com o Visões Úteis em Barcelos!

O Workshop é promovido pela Associação Cultural ZOOM e acontecerá na sua nova sede - a CASAZUL - entre 5 de março e 18 de junho, em horário pós-laboral.
Partindo do tema que guia a programação da CASAZUL no seu primeiro trimestre, "A Casa como tirania da Intimidade", partilharemos o método de trabalho utilizado nas criações originais do Visões Úteis, onde a escrita para cena se liga intimamente à experimentação/improvisação em torno dos materiais levantados e partilhados por toda a equipa artística.

Os interessados deverão contactar a ZOOM, enviando o seu nome, idade, morada e contactos para: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

"Corpo Casa Rua" Vídeo de Tiago Afonso


Depois de no passado mês termos recebido os alunos da Universidade do Autodidata e da Terceira Idade do Porto (UATIP) no Teatro Carlos Alberto, onde puderam assistir ao espetáculo "Ficheiros Secretos", amanhã (11 de dezembro) é a nossa vez de regressarmos à UATIP, para mais uma conversa acerca dos nossos processos de criação

O tema será a nossa primeira criação original deste ano - "Corpo Casa Rua", performance que, no passado mês de junho, juntou 21 participantes, com idades entre os 8 e os 80 anos, pertencentes a quatro comunidades, na Estação de Metro de São Bento (Porto).

O espetáculo, e o seu processo de criação, deu origem a uma leitura vídeo realizada por Tiago Afonso, que agora será disponibilizada ao público geral nos nossos canais digitais, e que exibiremos em primeira mão na UATIP, nesta nossa visita.

Ao longo do mês iremos também exibir o filme de "Corpo Casa Rua" nos locais onde podemos encontrar a maior parte do elenco desta criação; começando, já na próxima sexta-feira, dia 13, pelas Aulas de Teatro do Serviço Educativo do Visões Úteis - numa sessão que juntará os alunos da turma do ano passado (intérpretes do espetáculo) aos que este ano iniciaram as aulas.

Sábado, 27 Julho 2013 13:20

Porta 27 estreia "Trovas e Collants"

Porta 27"Trovas e Collants"

 

Este domingo, dia 28 de julho, às 17h30 a Porta 27 estreia o espectáculo "TROVAS E COLLANTS" nos jardins da Quinta de Bonjóia.


Com direção de Daniel Pinto e interpretação de Filipe Moreira, Tiago Lourenço e Cristovão Carvalheiro, "Trovas e Collants" é um espectáculo para toda a família e com entrada livre!

Pág. 23 de 25

Facebook


O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável