Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Novidades Mostrar artigos por etiqueta: Kaffe Matthews
Mostrar artigos por etiqueta: Kaffe Matthews
Sábado, 18 Abril 2015 00:01

Disponível na Galeria - "Opera fiXi"

"Opera fiXi" Mapa


Está já disponível na secção Filmes da nossa Galeria o vídeo documental de “Opera fiXi” - a ópera em bicicleta criada por Kaffe Matthews em colaboração com o Visões Úteis e que integrou a programação do "Serralves em Festa" 2013.

Filmado por Kaffe Matthews, este vídeo partilha do modo mais fiel possível a experiência deste percurso em bicicleta ao longo do Douro, acompanhado por um libreto inspirado na relação entre a cidade e o rio e na problemática da poluição ambiental. Um percurso de ida e volta, etapas que neste vídeo se separam em Parte 1 e Parte 2.

Oportunidade também para descobrir (ou voltar a ouvir) uma banda sonora original cheia de participações especiais de músicos e cantores - como o NEFUP, Ghuna X, Adolfo Luxúria Canibal ou o Grupo Coral da Afurada.

Publicado em Novidades
Quinta, 23 Maio 2013 16:26

"Opera fiXi" Estreia no Porto!

"Opera fiXi" Foto de Kaffe Matthews

 

“Opera fiXi” é uma nova ópera em bicicleta dirigida por Kaffe Matthews, e realizada para a cidade do Porto em colaboração com o Visões Úteis e integrando a programação do "Serralves em Festa" 2013.

Fala dum tempo e dum lugar em que os pescadores são mulheres e as sereias são homens. Em que os ‘sereios’ têm seios, cabelos de algas e tocam harpas feitas com linhas de pesca e as raparigas ‘pescadoras’ usam fatos de pele de peixe quando saem para o mar, cantando canções na frequência do coração humano (298.5Hz), convidando os peixes machos para as suas enormes redes tecidas com os seus cabelos e vinhas.
Os conteúdos de "Opera fiXi" inspiram-se na pesca contemporânea, no rio Douro e na qualidade da sua água, na duração de uma jornada de pesca durante a noite e na poluição do rio que determina a taxa de mudança de sexo dos peixes.

O  público é convidado a ir até à loja da Ribeira onde estão as bicicletas e, pegando numa, a pedalar para ouvir a obra que se vai desdobrando ao longo da marginal do rio até ao farol, e de volta à loja. Um sistema único de localização identifica a posição do ciclista e as respetivas camadas de música de cada ponto do seu percurso.

Para além da equipa artística do Visões Úteis, "Opera fiXi" conta com a colaboração de um vasto leque de entidades, músicos e vozes.

Este "passeio musical" tem uma duração máxima aproximada de 1h30 e o acesso é gratuito.

Informações: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar / (+351) 226 156 500

Local: Loja / Início do Percurso
Rua Infante Dom Henrique nº63, Porto (Ribeira)

Datas e horários:
dia 25 de maio - Inauguração 13h-18h

de 26 de maio a 9 de junho
Seg-Sex, 10h00-22h00
Sáb, 08h00-00h00
Dom, 08h00-22h00
(últimas saídas em bicicleta 90 min. antes da hora de encerramento)

Opera fiXi:

Realizado com software baseado em localização desenvolvido por Dave Griffiths.

Bicicletas sónicas desenhadas por Kaffe Matthews e produzidas por timelab 2012.

Canções e música de Kaffe Matthews excepto as canções das ‘pescadoras’ que são adaptações de música tradicional portuguesa e escocesa.

Letras de Matthews, Carlos Costa e Ana Vitorino.


Vozes (por ordem)
:

Coro de raparigas 'pescadoras'/NEFUP – Núcleo de Etnografia e Folclore da Universidade do Porto): Cláudia Bastos, Helena Queirós, Márcia Santos, Paula Silva, Teresa Ruiz.

Coro da poluição/Instituto ORFF do Porto: Inês, João, Jorge, Luis, Manuel, Leonor, Vicente, Daniel.

Avatar: Ana Vitorino

Data Rapper: Nuno Moura

Coro de ‘pescadoras’/ Grupo Coral da Afurada: Rosa Maria, Maria José, Maria de Fátima, Fátima Ferreirinha, Sara Moreira, Emília Alda.

Capitão: Rui Rodrigues

Seis peixes machos: Carlos Costa, João Martins, Arsélio Martins, Pedro Carreira, Emanuel Costa, Vitorino Neves

Rapper: André Neves

Amantes: Fátima Almeida, Mário Moutinho

Poeta de rua: Adolfo Luxúria Canibal


Músicos:

Angelica Vázquez Salvi: harpa

João Martins: saxofones soprano e baixo, ‘laptop’ acústico

Kaffe Matthews: processamento electroacústico, contratear e gravações de campo.

Arranjos adicionais nos raps: Pedro Augusto


Tradutores: Ana Vitorino, Carlos Costa, João Martins


Agradecimentos
: Gustavo e Patrícia: Sonoscopia, Mário Azevedo, Pedro Vieira, Ricardo Rodrigues, Ricardo Organista, Ana Coutinho, Henrique Fernandes, João Vitorino, Alzira Matos, Senhor Domingos


Produção: Fundação de Serralves

Publicado em Novidades
Quarta, 20 Março 2013 12:25

"Corpo Casa Rua" e Kaffe Matthews

Este mês o nosso trabalho tem-se dividido entre o início da criação da nossa próxima produção - "Corpo Casa Rua" - e a colaboração num projeto musical da artista inglesa Kaffe Matthews.

"Corpo Casa Rua"
é uma performance em espaço público que se inspira na ideia de cidade de quatro comunidades muito diferentes, com quem estamos agora a trabalhar e cujos elementos serão os intérpretes finais. São eles os alunos das Aulas de Teatro do Serviço Educativo do Visões Úteis, alunos do Serviço Educativo do Balleteatro Escola Profissional, utentes seniores do Centro de Dia da Junta de Freguesia de Santo Ildefonso e reclusas do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo.
Das sessões de trabalho com estes grupos nascerá o material com o qual procuraremos construir (cenografica, musical e performativamente) "cidades" que expressem a relação dos membros de cada comunidade com os seus corpos, as suas casas, as suas ruas e as suas praças.
E serão estas novas cidades muito próprias que poderão ser atravessadas e visitadas no mês de junho em algumas das estações de metro do Porto. Por vezes vazias, por vezes habitadas pelas respetivas comunidades, mas sempre espelhando a relação algo contraditória entre a rede de transportes que permite a deslocação (e o cruzamento das deslocações) dos cidadãos e os muros (metafóricos e literais) que reforçam a agregação de pequenas comunidades mas prejudicam, impedem mesmo, a agregação da comunidade ao nível da cidade. "Corpo Casa Rua" conta com o apoio da Metro do Porto e do Teatro Ncional São João.

Com Kaffe Matthews trabalhamos na criação de uma peça de "Ópera em Bicicleta" que integrará a programação do próximo "Serralves em Festa", e que se inspira na relação da cidade do Porto com o rio Douro e nas experiências das comunidades piscatórias. Este projeto propõe um trajeto de bicicleta acompanhado de uma banda sonora original, que é disparada em tempo real de acordo com o posicionamento do ciclista no percurso, previamente mapeado via GPS.

Mais novidades em breve!
Publicado em Novidades

Facebook


O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável