Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Novidades Mostrar artigos por etiqueta: Artistas Associados
Mostrar artigos por etiqueta: Artistas Associados
Quinta, 08 Outubro 2020 10:24

Candidaturas para 2020/2021

Estão abertas as candidaturas ao nosso Programa de Artistas Associados para o biénio de 2021/2022, com algumas alterações.

Na sequência da ampliação deste programa ao nível do número de projetos apoiados - quatro no biénio que agora termina – e das gerações a que se destina – passando a incluir, a par de artistas emergentes, também os artistas perto da idade da reforma -, expandimos agora ainda mais o âmbito de potenciais candidatos.

Assim, e cientes das dificuldades de financiamento e produção que afetam tantos profissionais das artes e que a atual pandemia veio agravar severamente, abrimos agora este Programa a artistas de todas as idades e vindos dos mais variados percursos.

O Programa continua a destinar-se a artistas performativos, portugueses ou estrangeiros, em nome individual ou coletivo (formal ou informalmente organizados) que estejam a iniciar atividade profissional sediada na área do Grande Porto.

Continua também a visar a partilha dos recursos do Visões Úteis, como:

cedência de espaço de ensaios

coordenação de produção, coordenação técnica e coordenação de comunicação

orientação da pesquisa de financiamento e da elaboração das respetivas candidaturas

abertura de linha de tesouraria para a produção

empréstimo de material técnico (luz, som e video)

Até ao dia 15 de novembro aceitamos propostas de associação para os anos de 2021 e 2022.

Os interessados deverão contactar-nos por e-mail ( Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ), referindo no "Assunto" o Programa Artistas Associados e enviando-nos informação sobre o artista, projeto ou entidade que pretende integrar o programa. 
Deve ainda indicar-nos quais as suas necessidades específicas e qual seria a melhor forma de os apoiar.

Publicado em Artistas Associados

Artistas Associados 2021/2022

 

Depois de uma primeira reformulação em 2018, o nosso Programa de Artistas Associados volta a abrir candidaturas, agora para o biénio de 2021/2022, com algumas alterações.

Na sequência da ampliação deste programa ao nível do número de projetos apoiados - quatro no biénio que agora termina – e das gerações a que se destina – passando a incluir, a par de artistas emergentes, também os artistas perto da idade da reforma -, expandimos agora ainda mais o âmbito de potenciais candidatos. Assim, e cientes das dificuldades de financiamento e produção que afetam tantos profissionais das artes e que a atual pandemia veio agravar severamente, abrimos agora este Programa a artistas de todas as idades e vindos dos mais variados percursos.

O Programa continua a destinar-se a artistas performativos, portugueses ou estrangeiros, em nome individual ou coletivo (formal ou informalmente organizados) que estejam a iniciar atividade profissional sediada na área do Grande Porto.

Continua também a visar a partilha dos recursos do Visões Úteis, como:

cedência de espaço de ensaios

coordenação de produção, coordenação técnica e coordenação de comunicação

orientação da pesquisa de financiamento e da elaboração das respetivas candidaturas

abertura de linha de tesouraria para a produção

empréstimo de material técnico (luz, som e video)

Até ao dia 15 de novembro aceitamos propostas de associação para os anos de 2021 e 2022.

Os interessados deverão contactar-nos por e-mail ( Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ), referindo no "Assunto" o Programa Artistas Associados e enviando-nos informação sobre o artista, projeto ou entidade que pretende integrar o programa.
Deve ainda indicar-nos quais as suas necessidades específicas e qual seria a melhor forma de os apoiar.

Publicado em Novidades

Teatro e Política - Dia 1
foto: MIRA FORUM

 

No próximo sábado, dia 14 de dezembro, no MIRA FORUM tem lugar o segundo dia do Ciclo de Conversas "Teatro e Política", promovido pela Cultra, em parceria com a Transform, o Visões Úteis, a ESMAE e o MIRA FORUM, e que decorre em paralelo à exposição"Ruptura em Cena" que inaugurámos no passado dia 16 de novembro.

Neste segundo dia, às 15h, estarão à conversa Jorge Louraço Figueira e Paulo Bio sobre Formas artísticas e processos políticos: cruzamentos e trajetórias entre Portugal e Brasil. 

E logo depois, às 17h, será a vez de Regina Guimarães e Saguenail entrarem em diálogo com Olivier Neveux, sob o tema 68+74=2020? O que resta de político no “teatro político”.

A entrada é livre!

Publicado em Novidades
Quinta, 28 Novembro 2019 16:14

Ciclo de conversas "Teatro e Política"

Debates "Teatro e Política"

 

Na sequência da publicação do livro “Teatro semiprofissional no Porto - arte, activismo e experimentalismo nos anos 70 e 80” de Mário Moutinho e Luísa Marinho e da exposição"Ruptura em Cena" que inaugurámos no passado dia 16, a Cultra, em parceria com a Transform, o Visões Úteis, a ESMAE e o MIRA FORUM, promove o ciclo de conversas e diálogos “Teatro e Política”, nos próximos dias 30 de novembro e 14 de dezembro no MIRA FORUM,

Confrontando os debates do passado com os do presente e cruzando as experiências daquelas décadas com o que hoje se ensaia e se produz na cidade, estas conversas pretendem ser um espaço de encontro e interlocução entre gente de várias gerações e de diferentes geografias (Portugal, França e Brasil). Trata-se, por um lado, de resgatar a memória daquele “movimento” através do testemunho na primeira pessoa, mas também de pôr em diálogo crítico quem, no Porto e não só, continua a inquietar-se com a relação entre o teatro e a política, entre a arte e a vida.

30 de novembro (sábado)

15h00
Democracia, Teatro e Revolução
conversa com Antero Afonso, Vítor Valente, Filomena Gigante, José Leitão, moderada por Teresa Arcanjo.
18h00
Teatro político, teatro como política
conversa com Sara Barros Leitão, Gonçalo Amorim, Inês Barbosa, Hugo Cruz, moderada por Mário Moutinho.

14 de dezembro (sábado)

15h00
Formas artísticas e processos políticos: cruzamentos e trajetórias entre Portugal e Brasil
Jorge Louraço em diálogo com Paulo Bio
17h00
68+74=2020? O que resta de político no “teatro político”
Regina Guimarães e Saguenail em diálogo com Olivier Neveux

Publicado em Novidades

Exposição "Ruptura em Cena"

 

Depois do lançamento do livro “Teatro semiprofissional no Porto - arte, activismo e experimentalismo nos anos 70 e 80”, em coautoria com a jornalista Luísa Marinho, este mês o nosso Artista Associado Mário Moutinho leva a cabo uma segunda etapa de partilha da investigação que desenvolveu, em torno do trabalho das companhias semiprofissionais do pós-25 de abril.

RUPTURA EM CENA – Arte, activismo e experimentalismo nos 70 e 80”, que o Visões Úteis coproduz com o MIRA FORUM, e que conta com o apoio da CULTRA, é uma exposição que dará a ver algum do espólio – fotografias, documentos, programas, críticas, cartazes - destes grupos, que partilhavam o desejo de ser tanto projetos artísticos como de intervenção social, política e cultural.

A inauguração está marcada para dia 16 de novembro (sábado) às 16h. 

Publicado em Novidades

Lançamento "O Teatro Semiprofissional no Porto"

 

É já na próxima 5ª feira, dia 31 de outubro, o lançamento do livro que o nosso Artista Associado Mário Moutinho escreveu com a jornalista Luísa Marinho, e dedicado ao trabalho desenvolvido pelos projetos e companhias de teatro no Porto nos anos do pós-25 de abril.

“O Teatro Semiprofissional no Porto - arte, activismo e experimentalismo nos anos 70 e 80” é uma edição da Afrontamento, com o apoio da Câmara Municipal do Porto e da Fundação GDA, e que documenta uma importante (e raramente registada) parte da história do teatro português. 

O lançamento acontece às 19h no Café Rivoli. A apresentação estará a cargo de Manuela de Melo e contará com a participação de Jorge Louraço Figueira, Sara Barros Leitão e de um coro de alunos Academia Contemporânea do Espectáculo dirigidos por Alexandra Calado.

Esta edição será acompanhada por uma exposição de material alusivo que o Visões Úteis produzirá no MIRA Fórum no próximo mês, e no âmbito da qual se levará a cabo um conjunto de debates.
Publicado em Novidades
Quarta, 09 Outubro 2019 11:27

"Little B" - Quase a estrear!

Little B - Desenho

 

“Nós não nos conhecemos quando tu pensas que nos conhecemos.”


Entram no seu último mês os ensaios de “Little B”, a nossa nova criação inspirada pela vida e pelo percurso profissional de Mário Moutinho - nosso Artista Associado no biénio 2018/2019 -, que partilha connosco e com Sara Barros Leitão a autoria e interpretação.

Apesar do seu ponto de partida biográfico, “Little B” não tem pretensões documentais, dedicando-se simultaneamente àquilo que aconteceu, ao que poderia ter acontecido, ao que gostaríamos que acontecesse, ao que nunca mais acontecerá e ao que está por acontecer.

Um espetáculo sobre os encontros dos tempos, sobre “pessoas que se repetem” e que, por isso, se encontram, a si mesmas e às outras, sobre pessoas que reconhecem a sua vida nas dos outros, mais do que na projeção que fazem de si, sobre atores que vivem na memória uns dos outros.

“Little B” é uma coprodução com o Teatro Municipal do Porto, com o Teatro Diogo Bernardes de Ponte de Lima e o Teatro Académico de Gil Vicente de Coimbra.

A estreia está marcada para Ponte de Lima já no próximo dia 8 de novembro!

Publicado em Novidades

 

E, após uma recente residência em São João da Madeira para desenvolver a 3ª parte do seu projeto “Cascas de Memória”, a nossa Artista Associada Solveig Phyllis Rocher apresenta-se no Centro de Arte Oliva já nos dias 4, 5 e 6 de outubro.

Oportunidade para ver as “Cascas de Memória” nº1 e nº3, num projeto produzido em colaboração com o Centro de Arte de S. João da Madeira. Nos dias 4 e 5 é desenvolvida a peça Nº 3 , com a duração de 15 minutos, iniciada a cada hora certa: 11h00; 12h00; 13h00; 15h00; 16h00 e 17h00. No dia 6  de outubro, durante todo o dia, a peça Nº 1: “uma dança duracional que se repete e acumula constantamente.

Nos seus 34 gestos, Solveig salva memórias dos seus avós mortos. Dança nos limites da sala como uma prensa de Guttenberg, um cd ou uma fotocopiadora: on and on, again and again, over and over, reproduzindo os gestos constantemente, enquanto as pessoas vêm e vão. A repetição dum gesto fá-lo persistir no tempo? Não é possível voltar ao que foi?”

Solveig Phyllis Rocher – “Cascas de Memória” em São João da Madeira
Publicado em Novidades

Joana Castro - Rite of Decay

Esteve de férias em Agosto a programação do Cultura em Expansão, mas este mês recomeçam os espetáculos e atividades!

Em Campanhã a programação é retomada com um nome que nos é próximo: Joana Castro, coreógrafa e performer, e uma das nossas Artistas Associadas para o biénio 2019/2020 (no seu projeto em parceria com Maurícia Barreira-Neves).

"Rite of Decay", trabalho que desenvolveu a solo e que tem estreia marcada para 2020 no festival GUIdance (Guimarães), apresenta-se em antestreia no próximo dia 14 (sábado) às 21h30 no Auditório da Junta de Freguesia de Campanhã.

Um espetáculo que nos fala da “gestão de um corpo em decadência, que se expõe, que falha, onde o tudo e o nada, a persistência e a renúncia, a presença e a ausência, o equilíbrio e a queda se defrontam na tentativa de reconciliação com o fim. O fim do mundo como uma metáfora para a nossa própria degradação.”

No âmbito do nosso trabalho de ligação entre as Associações e comunidades de Campanhã e a programação do Cultura em Expansão na freguesia, convidámos um grupo de jovens e técnicos acompanhantes da Casa do Vale a assistir a “Rite of Decay”, e a participar posteriormente numa conversa com Joana Castro para uma troca de ideias sobre o espetáculo – a ter lugar no dia 23 de setembro na Casa do Vale.

E no dia 15 de setembro (domingo) às 17h, também no Auditório da Junta de Freguesia de Campanhã, será a vez de "Romance" da coreógrafa e dramaturga Lígia Soares. Uma peça que parte da pesquisa sobre a criação de dispositivos cénicos que possam integrar a presença do público, e que “passa pela simples ação de pedir diretamente para dizer, enchendo de palavras a boca do espectador. Este pedido ou comando torna-se simultaneamente um ponto de relação entre o público e o performer e um meio de diálogo entre os vários espectadores. Vozes e perspetivas plurais são assim incluídas num texto que parodia e reflete sobre a falência do discurso da classe média no mundo ocidental, denunciando o que está por detrás do politicamente correto.”

A entrada para estes dois espetáculos é livre!

Publicado em Novidades

Cascas de Memória


Esta semana, a nossa Artista Associada Solveig Phyllis Rocher leva o seu projeto "Cascas de Memória" ao espaço MIRA Artes Performativas (Rua Padre António Vieira, 68, Campanhã).


"Cascas de Memória" é uma coleção de peças de dança, na qual Solveig se torna "num arquivo e numa arquivista dançante. Quão diferente se torna uma memória mantida em carne? As memórias contidas em gestos repetidos, outra e outra vez, persistem através do tempo? Não é possível regressar ao que foi? A performance realmente não salva nada?"

A apresentação acontece no próximo dia 16 às 21h30 e integra a programação das Quintas Nómadas”, dedicadas essencialmente às artes performativas.

Publicado em Novidades
Pág. 1 de 4

Facebook


O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável