Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Novidades IETM - Balanço do Plenário de Outono (Zagreb)
Segunda, 29 Outubro 2012 15:23

IETM - Balanço do Plenário de Outono (Zagreb)

Escrito por  Visões Úteis
Classifique este artigo
(0 votos)
IETM - Balanço do Plenário de Outono (Zagreb) Foto: Carlos Costa

Entre 25 e 28 de outubro estivemos em Zagreb, na Croácia, para mais um encontro do IETM – International Network for the Contemporary Performing Arts. O IETM é uma rede que reúne centenas de agentes do setor das artes performativas, de todo o mundo (artistas, produtores, programadores, companhias, organismos públicos etc). A ideia é promover o trabalho em rede e a troca de informação, know how e boas práticas. O Visões Úteis é membro do IETM desde 2011.

Nos últimos anos os encontros foram dominados por temáticas associadas à crise económica, primeiro antecipando-a, depois conhecendo-a e finalmente tentando viver com ela. E parece que, pelo menos num contexto europeu, a austeridade é agora um dado adquirido pelos agentes, enfim, o território que habitamos no presente, e no qual teremos que viver durante muitos anos. Não admira assim que, neste encontro de Zagreb, as discussões tenham regressado à área da estética, nomeadamente às ideias que dão sentido à criação artística contemporânea e que condicionam o lugar que esta ocupa na sociedade. Porque será cada vez mais a partir da (re)definição dos modos de criação que se poderá encontrar uma saída de modos de produção cada vez mais antigos e ultrapassados.

Mas durante estes dias esteve também latente um sentimento de falhanço, de tempo perdido com estratégias que não conseguiram sedimentar a criação artística como um bem público nos vários contextos nacionais (e aqui estamos a falar especificamente da Europa). Por isso assistimos simultaneamente à degradação dos orçamentos nacionais para a cultura e ao aumento do respetivo orçamento europeu. Isto quer dizer que , na Europa Central, grande parte dos agentes se prepara já para redimensionar o peso das parcerias e programas europeus nos seus planos de atividade. E, se considerarmos a “dimensão europeia” obrigatoriamente associada a estes esquemas de apoio, não será difícil prever uma acréscimo das temáticas/perspetivas europeias em detrimento das nacionais.

Mas claro que de tudo isto Portugal vai ficando cada vez mais afastado, porque condenado simultaneamente ao ostracismo a que a cultura é votada pelas autoridades nacionais e a uma situação periférica que não gera mobilidade, contactos e parcerias. Uma desesperante situação pela qual também temos de assumir responsabilidades, pelo menos na medida da inércia que que nos faz ficar de braços cruzados à espera da repetição das mesmas soluções... e o pior é que algumas já não são mesmo viáveis.

Em Zagreb, e como é costume, de Portugal só estava o Visões Úteis (mentira, também estava um crítico/jornalista do jornal Público: O Tiago Bartolomeu Costa, que moderou uma das sessões). Nós gostamos do IETM, gostamos de partilhar o que sabemos e fazemos, gostamos que nos expliquem o que ainda não percebemos, gostamos que nos estendam uma pen com aquela informação que não temos e nem sabíamos que precisávamos, e gostamos de nos sentar, no fim de um trabalho, para falar de tudo o que podia ter corrido melhor. Mas sobretudo gostamos que nos perguntem quem somos e o que fazemos e que nos contem quem são e o que fazem.

No próximo mês estaremos em Paris, já no arranque de um projeto de “dimensão europeia”, com parceiros da França, Itália, Irlanda, Suécia e Grécia. Não é o primeiro e esperemos que não seja o último. O nosso “genial” Primeiro-Ministro disse que era preciso sair, mas nós só vamos ali e já voltamos.

Última modificação em Segunda, 29 Outubro 2012 16:03

Recentes


Facebook


O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável