Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Financiamento Mostrar artigos por etiqueta: Diziam que do outro lado
Tudo o que queria saber sobre o financiamento da actividade do Visões Úteis
Segunda, 31 Agosto 2020 18:53

Nova casa e Nova criação!

"Diziam" - Estreia na Bélgica

 

 

Setembro marca a estreia da nossa nova casa em Campanhã (Rua Justino Teixeira, nº 653) e o início dos ensaios da nossa nova criação!

"Diziam que do outro lado havia um caminho que cortava o tempo da demanda em dois", coprodução com o Teatro Nacional São João e o Teatro Municipal de Vila Real, tem a sua estreia absoluta agendada para 24 de outubro na Bélgica (fazendo figas para que a pandemia não altere os planos).

Seremos os convidados internacionais da mostra Jubiläumsfest com que os AGORA Theater, companhia da Comunidade Germânica belga, celebra os seus 40 anos de trabalho.

Publicado em Novidades

"Diziam que do outro lado..."

 

“Diziam que do outro lado havia um caminho que cortava o tempo da demanda em dois”… é o título absurdamente comprido - mas absolutamente deliberado – de um espetáculo assente num particular processo de investigação e criação.

Ao longo de todo o ano de 2019, Ana Vitorino, Carlos Costa e João Martins embarcaram em três demandas muito pessoais que os levaram (respetivamente) a um exercício de memorização e recolha dos nomes e curiosidades de todos os países do mundo, à aprendizagem do surf e ao risco do investimento numa empresa de energia ondomotriz, ao resgatar da prática do desenho e substituição do tempo de ecrã pelo tempo da observação e do registo.

O mote para a partida: conceber um espetáculo sobre confronto e superação, sobre tudo o que se ilumina quando damos tempo suficiente ao tempo, sobre os padrões que emergem quando laboriosamente repetimos os pequenos gestos de uma tarefa, acreditando que o processo revelará o sentido do resultado.

Ao longo das suas viagens – ou não fossem elas demandas –, os três artistas perderam o rasto uns dos outros, chegaram quase a esquecer que procuravam algo comum. No regresso, perceberam que o sentido do desafio tinha sido, afinal, outro: um confronto pessoal com o que os perturba no passado, com o que os desafia no presente, com o que os assusta no futuro. E a redescoberta do sentido de estar e criar juntos, que o tempo histérico do quotidiano tantas vezes parece diluir.

A partir dos despojos acumulados nas suas demandas individuais, desenharam uma criação que fala das perturbações, desafios e medos que são, afinal, de todos.


Direção e Dramaturgia: Ana Vitorino, Carlos Costa, João Martins em cocriação com Inês de Carvalho, José A. Nunes, Kaffe Matthews, Nuno Barbosa, Pedro Correia Produção Executiva Amarílis Felizes Interpretação: Ana Vitorino, Carlos Costa, João Martins, Maria Manada Coprodução: Visões Úteis, Teatro Nacional S. João, Teatro Municipal de Vila Real


Estreia Absoluta
: 24 de outubro de 2020 / AGORA Theater "Jubiläumsfest" / St. Vith (Bélgica)
Estreia Nacional: 6 de novembro 2020 / Teatro Municipal de Vila Real
Estreia no Porto: 27 de janeiro 2021 / Teatro Carlos Alberto

Publicado em Espectáculos

O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável