Visões Úteis

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

Mal Vistos

Mal Vistos Mal Vistos Visões Úteis

“Um homem tosse. Tosse uma tosse seca, de mil anos de tabaco nos pulmões.”

A tensão criada pelo espaço claustrofóbico dos escritórios de uma empresa, tendo como pano de fundo os processos de globalização e deslocalização do trabalho.

Com este espectáculo Gemma Rodriguez foi pela primeira vez  apresentada ao público português.

Mal Vistos recebeu o “Prémio Maria Teresa Léon 2002”.

Estreou em Maio de 2006 no FITEI/Porto.

Sinopse

Em redor das instalações da sucursal de uma multinacional alemã, uma multidão avoluma-se e protesta contra os despedimentos massivos, o inevitável encerramento, a previsível deslocalização.

Lá dentro vive-se mais um dia sem trabalho. Num clima de crescente tensão e desconfiança, mimam-se os procedimentos necessários à manutenção das aparências. Quatro homens, quadros superiores da empresa, evitam a tudo o custo admitir abertamente o fracasso e a sua impotência face à situação. Agarrando-se à ideia da sua superioridade hierárquica, debatendo-se com a frustração, o sentimento de culpa e a incerteza do seu futuro, tentam esconder uma verdade gritante: estão ultrapassados e são dispensáveis.

Estreou a 31 de Maio de 2006 no Teatro Carlos Alberto no Porto, integrado no XXIX FITEI. Foi ainda apresentado em Aveiro e Coimbra, tendo sido reposto no Porto em Novembro de 2007 no Teatro Helena Sá e Costa, num total de 15 apresentações.

tradução
Ana Vitorino, Carlos Costa e Catarina Martins, a partir do original castelhano de 2003 e do original catalão na versão de 2006

direcção
Ana Vitorino e Carlos Costa

cenografia, adereços e figurinos
Ana Luena

desenho de luz
José Carlos Coelho

banda sonora original e sonoplastia:
João Martins

interpretação
Ana Vitorino, Carlos Costa, Miguel Rosas, Nuno Simões, Pedro Carreira e Valdemar Santos

design gráfico
Vitor Azevedo

coordenação de montagem
Luís Ribeiro

assistente de cenografia
Júlio Alves

produção executiva
Marina Freitas

produção
Visões Úteis

Mais Informação

  • Ano de estreia: 2006
  • Available for Touring: Sim
Última modificação em Quinta, 08 Março 2012 18:00

Vídeo relacionado


O Visões Úteis é uma estrutura financiada

Ministério da CulturaDireção Geral das Artes

O Visões Úteis é membro

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes Cénicas IETM - International Network for Contemporary Performing Arts Anna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável