<
visões úteis >> orla do bosque >> a viagem | alfabeto | na estrada | sons da orla | notícias | imagens [ feedback ]
[ notas ] ¬ Bari - Patras. 14 de Maio <<anterior | voltar ao itinerário | seguinte>>

Bari, 14 de Maio [ CM ]

Os miúdos na rua que jogam à bola falam uma língua que não sou capaz de reconhecer, olham de lado e têm agressividade em todos os seus movimentos.
No porto há uma família grande com imensa bagagem. Não são com certeza turistas.
Já no barco há quem coma, meio escondido, de taparweres e latas, e aparentemente não tenha onde guardar a bagagem. Há mulheres com lenços na cabeça que lembram notícias de países distantes.
No barco há dois lados e eu sinto que estamos do "outro lado", aquele que gosto de achar que não é o nosso.
Agora a ideia de que os Balcãs são mesmo aqui ao lado já não é teórica. São mesmo.

Mar Adriático, 15 de Maio, isto da Europa [ CC ]

Alguém disse, a propósito do peso da história, que o Europeu tem uma gigantesca cabeça de mármore entre as mãos e não sabe o que lhe há de fazer. Talvez por isso, quando nas nossas fronteiras se vão acumulando países económica e socialmente destroçados, parecemos estar a dizer:
— Com certeza, vamos já tratar disso ... deixem-nos só arranjar um sítio para pousar esta cabeça ...

[ notas ] ¬ Bari - Patras. 14 de Maio <<anterior | voltar ao itinerário | seguinte>>
visões úteis >> orla do bosque >> a viagem | alfabeto | na estrada | sons da orla | notícias | imagens [ feedback ]