Visões Úteis

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News
News
Monday, 05 March 2012 16:19

Workshop GDA com Luís Madureira

Written by Visões Úteis

Entre 2 e 6 de Abril próximo, o Visões Úteis vai acolher nas suas instalações da Fábrica Social um Workshop GDA – Gestão dos Direitos dos Artistas de Voz e Locução dirigido por Luís Madureira. O workshop destina-se a actores e cantores cooperadores da GDA e tem uma lotação máxima de 15 participantes.
Os conteúdos a trabalhar no workshop visam:

I - EXERCÍCIOS TÉCNICOS tendo em vista a obtenção de
a)    postura correcta
b)    respiração eficiente
c)    disponibilidade do órgão vocal para a fala e para o canto.

II – LEITURA E ANÁLISE DE TEXTOS em prosa e/ou verso.


Os interessados deverão, até ao dia 26 de Março, preencher a ficha de inscrição disponível aqui e enviá-la para o Visões Úteis, para o e-mail This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ou para a morada Visões Úteis - Fábrica Social, Rua da Fábrica Social s/n, 4000-201 Porto.
As vagas serão preenchidas por ordem de chegada das fichas de inscrição.

Data: 2,3,4,5 e 6 de Abril de 2012
Horário: das 16h às 19h
Local: Espaço Visões Úteis - Fábrica Social (Rua da Fábrica Social s/n, 4000-201 Porto)
Preço: 10€


+ Info: 22 200 61 44

Wednesday, 01 February 2012 16:49

Workshop de Voz - Nova Edição!

Written by Visões Úteis

Workshop de Voz logo

 

Estão abertas as inscrições para a 4ª edição do Workshop de Voz dirigido por Marina Freitas.

Este Workshop é dirigido a profissionais que utilizam a voz como ferramenta de trabalho. São desenvolvidas técnicas de respiração, projecção, articulação, entre outras.

Podem inscrever-se todos os interessados que tenham mais de 18 anos.
O curso será reconhecido por um Certificado de Participação.


Local: Espaço Visões Úteis / Fábrica Social - Rua da Fábrica Social s/n
Datas: 1 de Março 2012 a 19 de Julho de 2012
Horário: 5ª feira das 19h às 21h
Duração: 40 horas
Propina do Curso: 25€/Inscrição (seguro incluído)
1ª Prestação: 100,00€ (pago no acto de inscrição)
2ª Prestação: 100,00€ (pago até 15 de Maio de 2012)

Objectivos:
Auto-conhecimento das capacidades e características vocais;
Desenvolvimento pessoal;
Desenvolvimento das capacidades respiratórias e fonadoras, bem como de articulação;
Desenvolvimento da projecção vocal;
Capacidade de expressão e comunicação numa situação de grupo;
Falar em público.

Conteúdos
Abordagem teórica do aparelho fonador;
Consciencialização da importância da voz e os cuidados a ter;
Exercícios de postura e expressão corporal;
Técnicas de relaxamento;
Relacionar a voz com o corpo;
Exercícios Respiratórios;
Exercícios de articulação, projecção e colocação de voz;
Exercícios de improvisação partindo de situações quotidianas e/ou de textos.

Marina Freitas nasceu no Porto em 1979. É licenciada em Teatro / Estudos Teatrais com especialização em voz pela Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto. Teve formação na área de voz com as seguintes pessoas: Maria João Serrão, António Salgado, Maria Luís França e Luís Madureira. Lecciona cursos de voz falada desde 2003. 

Informações e Inscrições:
Tlf: +351 22 200 61 44
Tlm: +351 93 176 54 75
This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

Tuesday, 31 January 2012 17:24

"Boom & Bang" em Lisboa e Sintra

Written by Visões Úteis

Enquanto continuamos a tentar lidar com as consequências da crise do sistema financeiro, a nossa tragicomédia "Boom & Bang", adaptação de "The Power of Yes" de David Hare, continua a percorrer o país a explicar as causas do desastre.

Este mês rumamos a Sul para duas apresentações: dia 3  no Teatro do Bairro, em Lisboa, e dia 4 no espaço do Chão de Oliva, em Sintra. Não perca!

Lisboa - Teatro do Bairro
R. Luz Soriano, 63 - Bairro Alto
Data:
3 de Fevereiro (6ªf)
Horário: 21h

Sintra - Chão de Oliva
Rua Veiga da Cunha, 20

Data:
4 de Fevereiro (Sáb)
Horário: 21h30
Tuesday, 31 January 2012 17:04

A Turma estreia "Do Discurso Amoroso"

Written by Visões Úteis

A Turma Fragmento 1 cartaz

 

Estreia já no próximo dia 2 de Fevereiro (5ªf), na Sala 2 do Hard Club, a nova criação dos nossos Artistas Associados A Turma. “DO DISCURSO AMOROSO: FRAGMENTO #1 “ tem encenação de Tiago Correia e a participação de Adriano Sodré, André Figueira, António Parra, Joana Africano e Luís Meireles.

“DO DISCURSO AMOROSO” é um projecto teatral de longa duração, que reunirá um conjunto de espectáculos (“Fragmentos”) para os quais serão convidados criadores de diferentes áreas artísticas. A gestão destas colaborações e do material resultante é feita por uma equipa artística fixa.


Pode reservar o seu bilhete através do mail This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ou do telefone 220 101 185.

 

02, 09, 15 e 21 de Fevereiro de 2012 - 22h

Hard Club - Sala 2

 

ARTISTAS CONVIDADOS

Texto André Figueira, António Parra, Joana Africano e Luís Meireles;

Interpretação André Figueira, António Parra e Joana Africano

Música Original Luís Meireles

Fotografia (em cena) Adriano Sodré

NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO DO PROJECTO

Concepção Plástica Ana Gormicho e Daniel Teixeira

Luz Francisco Tavares Teles

Música Nelson Silva

Imagem Francisco Lobo e Juliana Constantino

Desenho Gráfico Inês Ferreira

Produção Executiva Catarina Rêgo de Mesquita

Encenação Tiago Correia

Produção A TURMA

DURAÇÃO 55 minutos aprox.

RESERVA DE BILHETES

Hard Club

This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

220 101 185

 

Preço dos Bilhetes: 6€

LOTAÇÃO - 60 lugares

Tuesday, 17 January 2012 14:52

Visões Úteis em 2012

Written by Visões Úteis

O ano de 2011 terminou com duras notícias para a Cultura, entre as quais a de cortes de 38% nos apoios plurianuais à criação, atribuidos pela DGArtes.
Em 2012 o Visões Úteis entra no último ano do seu apoio quadrienal, sendo diretamente afetado por estes cortes - a que se juntam uma série de medidas já de si penalizadoras para a produção e difusão de espetáculos.

Assim, em Dezembro e Janeiro dedicámo-nos à reformulação e adaptação às novas condições impostas por este decréscimo no financiamento à estrutura. Uma reformulação que passou pelo nosso espaço de trabalho - podem agora encontrar-nos no 1º andar do nosso espaço na Fábrica Social - pela restruturação da equipa permanente e pela readequação das actividades planeadas.

Mas 2012 não deixará de ser um ano cheio de trabalho, arrancando já em Fevereiro com uma temporada de reposição no Porto do espetáculo para a infância "O Vento". Disponíveis para itinerância, e já com algumas apresentações agendadas, estarão "Monstros de Vidro", "Boom & Bang", "A Comissão", "Adúlteros Desorientados" e "O Contrabaixo".

No nosso espaço na Fábrica Social continuam a decorrer as aulas de teatro de Ana Azevedo, o workshop de voz de Marina Freitas e os ensaios dos nossos Artistas Associados "A Turma".

Em Junho produziremos o evento de encerramento do projeto "Viagens com Alma", que contará com a exibição de duas novas curtas-metragens de Michele Putortì e Pedro Maia realizadas para este projeto.

Em 2012 há também lugar para uma nova produção, na qual começámos já a trabalhar e de que daremos notícias muito em breve!

Monday, 12 December 2011 17:48

Reuniões DGArtes

Written by Visões Úteis
Na sequência das críticas às anunciadas reuniões com os agentes culturais, para discussão do plano e orçamento referentes aos Apoios Plurianuais às Artes para 2012, a DGArtes reformulou o seu convite, afirmando que as reuniões não terão como objectivo essa avaliação, sendo sim “sessões de trabalho” de aproximação ao terreno, e que serão até facultativas.
Assim, o Visões Úteis, como os restantes agentes culturais, acedeu a estar presente neste encontro com a DGArtes, não sem antes deixar claro que a documentação obrigatória já enviada inclui todos os dados necessários ao normal decurso do procedimento de avaliação. Neste sentido já veio também a Plateia – Associação de Profissionais das Artes Cénicas apelar aos seus associados para que não abordem nesses encontros aspectos de cumprimento ou não de períodos contratuais passados, mas sublinhem sim a redução de actividades, de emprego e de dinamização da economia que o corte futuro implica.
Thursday, 01 December 2011 18:08

"Monstros de Vidro" em Coimbra e Aveiro

Written by Visões Úteis

"Monstros de Vidro" imagem de entropiadesign

A nossa nova criação, "Monstros de Vidro", termina a sua temporada no Porto a 4 de Dezembro. Logo de seguida viaja para Coimbra onde se apresenta no TAGV no próximo dia 7. No âmbito dessa apresentação, o TAGV organiza nos dias 5 e 6 de Dezembro uma oficina de dramaturgia com Ana Vitorino e Carlos Costa.
Depois é a vez de Aveiro receber os nossos "Monstros" - dia 10 de Dezembro no Estúdio Performas.


 

Porto: Teatro Carlos Alberto
(acolhimento Teatro Nacional S. João)
até 4 Dezembro
Quarta a Sábado - 21h30
Domingo - 16h

Coimbra: Teatro Académico Gil Vicente
5 e 6 Dezembro - Oficina / 14h-20h
7 Dezembro (4ªf) - 21h30

Aveiro: Estúdio Performas
10 Dezembro (Sáb.)- 22h
Thursday, 24 November 2011 16:52

A Direção Geral das Artes enlouqueceu

Written by Visões Úteis
Relativamente aos Apoios Plurianuais às Artes para 2012, o Visões Úteis chama a atenção da DGArtes para o facto de que as pretendidas "reuniões presenciais individuais com todos os agentes envolvidos" (para discussão de plano e orçamento) são um acto ilegítimo que tenta retirar o procedimento da esfera do concurso público, a que não deixou de pertencer,  e cria na prática  uma situação de ajuste directo  que viola o contrato e a lei, por não respeitar os princípios da transparência e imparcialidade.

Desde já instamos o Senhor Director Geral das Artes
a rever esta situação em que a tramitação normal  do concurso público  é ameaçada  por reuniões à porta fechada. Porque a recessão económica não pode servir de desculpa para se suspender o Princípio da Legalidade Não se trata de mais ou menos Despesa Pública. Trata-se de mais ou menos Estado de Direito.

Queremos acreditar não ser necessário recorrer aos Tribunais para - nos termos da Tutela Jurisdicional Efectiva prevista no CPTA - solicitar uma medida cautelar que impeça a DGArtes de levar para a frente as referidas
"reuniões presenciais individuais com todos os agentes envolvidos".

Thursday, 24 November 2011 01:16

24 de Novembro - Dia de Contestação

Written by Visões Úteis

Algumas perguntas para os nossos governantes neste dia de contestação:

Cultura 1

 

Cultura 2

 

Cultura 3

 

Cultura 4

 

Cultura 5

 

Cultura 6

 

Cultura 7

 

Cultura 8

Tuesday, 22 November 2011 16:29

"Monstros de Vidro" - Estreia Absoluta

Written by Visões Úteis
"Monstros de Vidro" cartaz (design:João Guedes)
design:João Guedes

E é aqui que começamos a perguntar: se perdermos o controlo e nos espatifarmos lá em baixo, como é que estar dobrado para a frente com as mãos sobre a cabeça me vai salvar a vida? E se isto não me salva a vida, porque é que eles querem que eu me ponha nesta posição?



Numa história bem contada é importante começar por estabelecer um contexto. Podemos começar, por exemplo, com:
“Era uma vez um lugar onde as pessoas viviam alegres e despreocupadas. Todas tinham uma casa onde morar, trabalho e comida, e todas acreditavam num futuro radioso. Parecia que nada lhes faltava, e tudo o que precisavam materializava-se à sua frente, como que por magia. Os habitantes desse lugar eram muito espertos e estavam informados sobre praticamente todas as coisas à face da terra. Mas, estranhamente, pareciam também ter algumas crenças bizarras: que eram os únicos a habitar aquele espaço, que provavelmente viveriam jovens para sempre, que os bens que possuíam eram inesgotáveis... E por mais que a realidade lhes provasse o contrário, eles recusavam-se a ver, e tinham uma confiança ilimitada nas suas capacidades e possibilidades”.


Em 2001 o Visões Úteis co-produziu com o TNSJ o espectáculo “Orla do Bosque”. Tratava-se do último momento de um longo processo criativo, intitulado “Visíveis na Estrada Através da Orla do Bosque”, que se iniciou com o espetáculo “Estudos”, e que pelo meio passou por uma viagem de um mês pela Europa, ao encontro de diversas figuras da arte, arquitetura, cultura e política, conversando e refletindo sobre as ideias de fronteira, alteridade, espaço público e viagem. Todo o processo, e em particular o espetáculo “Orla do Bosque”, acabava por ser a reflexão de uma geração – a entrar nos 30 anos – acerca do seu papel na cidade, no espaço público. Um olhar desconfiado sobre o momento de otimismo e euforia consumista que as sociedades ocidentais atravessavam.


Em 2011 o TNSJ acolhe uma nova criação do Visões Úteis. “Monstros de Vidro” parte do desejo de falar do modo como, desde sempre, se criaram mitos e monstros para explicar e sublimar os acontecimentos traumáticos – os que acontecem devido a causas incontroláveis, mas também aqueles que resultam diretamente das nossas próprias ações enquanto indivíduos e comunidades.
Mas “Monstros de Vidro” é também um regresso ao espetáculo “Orla do Bosque”, uma década depois. Não para recriar ou atualizar esse espectáculo mas para lançar um novo olhar crítico ao nosso aqui e agora, partindo das perguntas e premissas de então. E desse olhar ninguém está a salvo.


A geração dos 30 anos está agora a chegar aos 40. Os pais começaram a morrer, os filhos passaram a ser pais. Agora conseguem reconhecer todos os pontos de vista, e sabem usar as palavras com mestria, articular os argumentos, para justificar todas as suas ações. E nunca estiveram tão perdidos nem tão assustados como hoje. Prontos para criar novos monstros... ou decidir que não.


Porto – Teatro Carlos Alberto (acolhimento Teatro Nacional S. João)


24 Novembro - Estreia adiada devido à Greve Geral / Concentração pela Cultura às 21h30 no Teatro Carlos Alberto

25 de Novembro a 4 Dezembro
Quarta a Sábado - 21h30
Domingo - 16h

 

Monstros de Vidro 

40.ª criação Visões Úteis

texto e direção Ana Vitorino, Carlos Costa

cenografia e figurinos Inês de Carvalho

banda sonora original e sonoplastia João Martins

desenho de luz José Carlos Coelho

elementos gráficos e audiovisuais entropiadesign

co-criação Ana Azevedo, Nuno Casimiro, Pedro Carreira


interpretação Ana Azevedo, Ana Vitorino, Carlos Costa, Pedro Carreira e ainda Inês de Carvalho; voz-off Alice Costa


música adicional: "Perfidia" (Alberto Domínguez), "Music to watch girls by" (Sid Ramin), "Crema Batida" (Al Caiola), "Viva la Vida-Instrumental" (Coldplay)

produção Visões Úteis

duração aproximada [1:30]

classificação etária M/16 anos


Próximas apresentações:

Coimbra – Teatro Académico de Gil Vicente (7 de dezembro)

Aveiro – Estúdio Performas (10 de dezembro)
Page 35 of 42

Facebook


Visões Úteis is funded by

Secretário de Estado da CulturaDirectorate-General for the Arts (DGARTES)

Visões Úteis is a member of

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes CénicasIETM - International Network for Contemporary Performing ArtsAnna Lindh Foundation

Visões Úteis é associado

Associação dos Amigos do Teatro da Liberdade da Palestina - The Freedom Theatre e ZERO - Associação Sistema Terreste Sustentável