Visões Úteis

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Associated Artists
Associated Artists

Associated Artists

Every two years, Visões Úteis welcomes young performing artists in an association which intends to facilitate the sharing of production know-how and the solidarity between generations. The condition of Associated Artist to Visões Úteis allows them to benefit from several advantages on financial, logistic and technical levels. The association of artists promotes trust between the economic agents and the professional and artistic development of the performing arts on a local level.

Cão à Chuva - "Pozzo" / Foto: Ana Filipa Flores

                                                                                                                                                                                       Foto: Ana Filipa Flores



Os Artistas Associados do Visões Úteis para o biénio 2017/2018 são a Associação Cultural Cão à Chuva!

Criado por Rui Paixão e Carlos Reis em 2015, o Cão à Chuva apresentou a sua primeira criação “Lullaby” no âmbito do Festival Internacional de Artes de Rua de Santa Maria da Feira, com o objectivo de encontrar novas escritas para a rua, explorar a dramaturgia no espaço urbano e investigar e valorizar o clown contemporâneo. Com “Lullaby” a Companhia foi considerada, pelo Imaginarius, a Revelação das Artes de Rua, tendo recebido o prémio OFF CIRCADA, em Sevilha.

Em 2016 estreou as criações “Pozzo” e “Vincent”, levando a cabo uma extensa a digressão nacional e internacional, com destaque para as participações no CIRCADA, Edinburgh Fringe Festival, MITEU - Mostra de Teatro Galego Universitario de Ourense, MIM a Sueca, Valência, Festival Internacional de Teatro Cómico, Maia, Chapéus Na Rua Lisbon Busking Festival, Chapitô, Festival de Circo Contemporáneo de Córdoba, Libourne Fest ́Arts, França, Festival É-Aqui-in-Ócio, Póvoa do Varzim, Festival O Mundo ao Contrário, Paredes de Coura, Vaudeville Rendez-Vous, Guimarães, Mimarte, Braga, entre outros.

Em Novembro de 2016, o Cão à Chuva estreou a sua última criação, "A Velha", resultado de uma residência artística, baseada na obra de mesmo nome de Daniil Harms.

 


Last modified on Thursday, 05 January 2017 18:45

O próximo período de candidaturas para o programa de Artistas Associados Visões Úteis decorre até ao próximo dia 30 de Novembro de 2016 e refere-se à Associação durante os anos de 2017 e 2018. Não existem formalidades especiais e as linhas de orientação são as seguintes:

  1. Podem candidatar-se artistas performativos, portugueses ou estrangeiros, em nome individual ou coletivo (formal ou informalmente organizados) que estejam a iniciar atividade profissional sediada na área do Grande Porto.
  2. Visões Úteis partilhará os seus recursos de produção com o Artista Associado, apoiando-o nos mais diversos níveis da sua atividade:
    • cedência de espaço de ensaios
    • coordenação de produção, coordenação técnica e coordenação de comunicação
    • orientação da pesquisa de financiamento e da elaboração das respetivas candidaturas
    • abertura de linha de tesouraria para a produção
    • empréstimo de material técnico (luz, som e video)
    • (e se possível) envolvimento privilegiado, como formador, nas actividades do nosso Serviço Educativo

Apesar de o processo de Associação poder naturalmente gerar algum tipo de cumplicidade artística, esta não é objetivo prioritário da iniciativa, pelo que o Artista Associado conserva uma plena autonomia estética.

Para se candidatar basta contactar-nos por e-mail (  This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ) e enviar-nos informação sobre o projeto ou entidade que pretende integrar o programa.


Conjugar o lado artístico de uma companhia jovem com o lado burocrático e estrutural de um mercado profissional que está em constante mudança é um trabalho herculeano. Termos tido o apoio (quer de material quer de conhecimento) do Visões Úteis ajudou-nos não só a perceber o mecanismo da produção teatral de forma mais organizada, mas também a definirmos o nosso caminho enquanto companhia, enquanto coletivo. Durante dois anos tivemos um irmão mais velho, que tem a experiência do caminho, a indicar-nos as ferramentas para os possíveis trilhos a seguir.

Cristóvão Carvalheiro
Porta 27 - Artista Associado 2013/2014

Last modified on Friday, 07 October 2016 14:39

Teatro Anémico Equipa



Os Artistas Associados do Visões Úteis para o biénio 2015/2016 são o coletivo Teatro Anémico.

Criado em 2011 como companhia de teatro de rua, o Teatro Anémico nasceu do encontro de alunos da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo do Instituto Politécnico do Porto (ESMAE/IPP). Hoje tem como núcleo criativo Tiago Moreira, Joana Africano e Inês Barros, e conta ainda com a colaboração de vários artistas convidados.
O Teatro Anémico produziu já os espetáculos "À La Vie À La Mort", "À La Mort" e "ESCUTO", e nas suas próximas criações pretende continuar a explorar o cruzamento das diferentes artes performativas 

Mais informações sobre o Teatro Anémico em: www.teatroanemico.pt.la

Last modified on Monday, 05 January 2015 17:14

O próximo período de candidaturas para o programa de Artistas Associados Visões Úteis decorre entre 1 de Outubro e 30 de Novembro de 2014 e refere-se à Associação durante os anos de 2015 e 2016. Não existem formalidades especiais e as linhas de orientação são as seguintes:

  1. Podem candidatar-se artistas performativos, portugueses ou estrangeiros, em nome individual ou coletivo (formal ou informalmente organizados) que estejam a iniciar atividade profissional sediada na área do Grande Porto.
  2. O Visões Úteis partilhará os seus recursos de produção com o Artista Associado, apoiando-o nos mais diversos níveis da sua atividade:
    • cedência de espaço de ensaios
    • coordenação de produção, coordenação técnica e coordenação de comunicação
    • orientação da pesquisa de financiamento e da elaboração das respetivas candidaturas
    • abertura de linha de tesouraria para a produção
    • empréstimo de material técnico (luz, som e video)
    • (e se possível) envolvimento privilegiado, como formador, nas actividades do nosso Serviço Educativo

Apesar de o processo de Associação poder naturalmente gerar algum tipo de cumplicidade artística, esta não é objetivo prioritário da iniciativa, pelo que o Artista Associado conserva uma plena autonomia estética.

Para se candidatar basta contactar-nos por e-mail ( This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ) e enviar-nos informação sobre o projeto ou entidade que pretende integrar o programa.


Conjugar o lado artístico de uma companhia jovem com o lado burocrático e estrutural de um mercado profissional que está em constante mudança é um trabalho herculeano. Termos tido o apoio (quer de material quer de conhecimento) do Visões Úteis ajudou-nos não só a perceber o mecanismo da produção teatral de forma mais organizada, mas também a definirmos o nosso caminho enquanto companhia, enquanto coletivo. Durante dois anos tivemos um irmão mais velho, que tem a experiência do caminho, a indicar-nos as ferramentas para os possíveis trilhos a seguir.

Cristóvão Carvalheiro
Porta 27 - Artista Associado 2013/2014

Last modified on Wednesday, 15 October 2014 22:37

Os Artistas Associados do Visões Úteis para o biénio 2013/2014 são o coletivo PORTA 27.

PORTA 27 é um dos mais jovens coletivos em atividade na cidade do Porto, com raízes na ACE – Academia Contemporânea do Espetáculo. O coletivo conta já com diversos trabalhos criados, sempre com muito boa disposição, esforço e dedicação. Aliás, o humor parece ser a principal paixão dos novos Artistas Associados Visões Úteis, que em 2013 e 2014 pretendem continuar a investigar e trabalhar diversas abordagens à comédia.

Os principais membros da PORTA 27 são: Cristóvão Carvalheiro, Ivo Luz, Tiago Lourenço, Catarina Ribeiro Santos e Suzanna Rodrigues.

Mais informações sobre a PORTA 27 em: http://www.porta27.pt.vu/

Last modified on Tuesday, 01 January 2013 23:06

O próximo período de candidaturas para o programa de Artistas Associados Visões Úteis decorre entre 1 de Outubro e 30 de Novembro de 2012 e refere-se à Associação durante os anos de 2013 e 2014. Não existem formalidades especiais e as linhas de orientação são as seguintes:

  1. Podem candidatar-se artistas performativos, portugueses ou estrangeiros, em nome individual ou colectivo (formal ou informalmente organizados) que estejam a iniciar actividade profissional sediada na área do Grande Porto.
  2. O Visões Úteis partilhará os seus recursos de produção com o Artista Associado, apoiando-o nos mais diversos níveis da sua actividade:
    • cedência de espaço de ensaios
    • coordenação de produção, coordenação técnica e coordenação de comunicação
    • orientação da pesquisa de financiamento e da elaboração das respectivas candidaturas
    • abertura de linha de tesouraria para a produção
    • empréstimo de material técnico (luz, som e video)
    • (e se possível) envolvimento privilegiado, como formador, nas actividades do nosso Serviço Educativo

Apesar de o processo de Associação poder naturalmente gerar algum tipo de cumplicidade artística, esta não é objectivo prioritário da iniciativa, pelo que o Artista Associado conserva uma plena autonomia estética.

Para se candidatar basta contactar-nos por e-mail ( This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ) e enviar-nos informação sobre o projeto ou entidade que pretende integrar o programa.

 

O apoio do Visões Úteis à companhia A Turma consistiu em fazer de uma associação criada por jovens recém-licenciados nas artes do espetáculo, que não sabiam como se mover neste meio, uma associação estruturada, organizada, independente, principalmente no que diz respeito a todo o trabalho de produção. O Visões Úteis abriu-nos as portas do seu espaço na Fábrica Social, sem o qual não teríamos tido possibilidade de avançar com uma nova criação, que lançou A Turma como uma estrutura de criação cultural emergente no Porto, tendo estreado no FITEI 2011.

Tiago Correia
A Turma - Artista Associado 2011/2012


Esta associação permitiu-nos uma reestruturação ao nível da organização interna da Erva Daninha, permitiu-nos uma formulação avançada dos projectos artísticos, permitiu-nos adquirir um conhecimento mais vasto do mercado profissional e por fim uma integração em circuitos e redes de programação. Acreditamos que estes apoios são imprescindíveis para a implementação e desenvolvimento de jovens criadores e companhias no mercado profissional pois existem lógicas próprias e, por vezes, pouco esclarecidas para quem está a começar.

Julieta Guimarães
Erva Daninha - Artista Associado 2009/2010

Last modified on Monday, 01 October 2012 14:21

Depois da excelente experiência com a companhia Erva Daninha, no biénio de 2011/2012 o Artista Associado Visões Úteis será o colectivo A TURMA.

 

Fundado no Porto em 2008, A TURMA é um colectivo criativo que se conheceu e reuniu na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Porto (ESMAE). Em 2008 apresentou, no espaço Maria-Vai-Com-As-Outras, o seu primeiro projecto - “Tu acreditas no que quiseres”, a partir de "Loucos Por Amor" de Sam Shepard - e em 2009, numa co-produção com As Boas Raparigas..., estreou no Estúdio Zero “Os que sucedem”, de Luís Mestre – ambos os espectáculos encenados por Manuel Tur.

 

A TURMA - AC

http://aturma-ac.blogspot.com/

Last modified on Wednesday, 26 January 2011 00:37

The next period for applications will occur between October 1st and November 30th 2010, and reports to the Association for the years 2011 and 2012. There are no formal requirements and the guidelines are the following:

  1. Applications are open to performing artists, portuguese or not, individuals or organizations (formal or informal ones), which are now beginning professional work, in the metropolitan area of Porto.
  2. The Associated Artist will be supported in several levels of production:
    • rehearsal room
    • production direction, executive production, technical coordination and communication
    • financial research and applications
    • financial support to production
    • technical material
    • privileged participation in our Education Service (as a provider of education services)
  3. Although the association process might generate some kind of artistic complicity, this is not a priority, and so the Associated Artist retains total aesthetic freedom.
Last modified on Tuesday, 20 July 2010 01:02

Erva Daninha was born in 2006 after the get together of a group of artists in a theatre school in Porto (ESMAE/IPP). The project wants to explore physical theatre techniques in intersection with other artistic fields like circus, visual arts and digital media, always following contemporary aesthetics.

Permanent Members:
Ana Vargas
, Gilberto Oliveira, Julieta Guimarães, Romeu Guimarães and Vasco Gomes.

Previous performances:
Fio Prumo (2009), Trinspira (2009), Noites Brancas (2008), Um acordar cinzento e cheio de sono (2008), Uma história qualquer (2007), Casa de banho (2006).

 

Noites Brancas, Erva Daninha

www.companhiaervadaninha.blogspot.com

Last modified on Tuesday, 20 July 2010 00:53

Visões Úteis is funded by

Secretário de Estado da CulturaDirectorate-General for the Arts (DGARTES)

Visões Úteis is a member of

Plateia - Associação dos Profissionais das Artes CénicasIETM - International Network for Contemporary Performing ArtsAnna Lindh Foundation